NOVO CURSO: ARTES E SABERES INDÍGENAS

:triangular_flag_on_post: NOVO CURSO!

O Fórum Popular da Natureza FPN através da Escola Popular da Natureza EPN e apoio da Fundação Rosa Luxemburgo Curso apresenta o 4º Curso contemplando o projeto Fórum Popular Natureza: Formação Política e Organização Popular Rumo à Transição Ecossocialista

:round_pushpin: Curso
Arte Indígena, Um Ato De Luta, Saberes E Resistência
04 encontros de 05 a 14 de agosto

Ministrado por Tamikuã Txihi do Povo Pataxó

Siga: @tamikuatxihiarteindigena

Integrante da comunidade Tekoá Itakupé na Terra Indígena Jaraguá, São Paulo.
Liderança indígena, artista plástica, ceramista, escultora, escritora, poeta e guardiã da Mãe Terra e irmã Natureza. É parte do Feminismo Comunitário de Abya Yala Tecido Pindorama (Brasil) bacharel em Serviço Social e Assistente social. Acredita que as artes são instrumentos de luta e defesa dos corpos, territórios e conhecimento dos povos originários. São os novos arcos e flechas que vão lançar os sonhos da humanidade ao futuro.

“A arte, usamos também como instrumento de luta e defesa dos territórios. Constantemente se fala da arte indígena, pejorativamente como artesanatinhos ou bijouterias. A arte indígena, representa as estéticas e a compreensão das formas e cosmovisão da filosofia indígena.
Conectamos pessoas de Pindorama (Brasil) e das diversas partes do mundo, lembrando que a maracá que usamos, em nossos rituais e danças, é uma forma de compreensão do globo, que representado pela maracá é a redondeza do planeta terra, e as sementes quando sacodem dentro da maracá é o som da humanidade.
Procuramos interagir com o público, escolhemos uma forma de nos comunicar que fosse, ao mesmo tempo que informativa também está aberta às trocas de saberes, ideias e ideais.” (Tamikuã Txihi do Povo Pataxó)

:pencil2: INSCRIÇÕES: Curso Arte Indígena: um ato de luta, saberes e resistência