đŸš© 4° e Ășltimo encontro do Curso Arte IndĂ­gena: um ato de luta, saberes e resistĂȘncia, com TamikuĂŁ Txihi

:paperclip: Assista através do nosso YouTube.

“A arte, usamos tambĂ©m como instrumento de luta e defesa dos territĂłrios. Constantemente se fala da arte indĂ­gena, pejorativamente como artesanatinhos ou bijouterias. A arte indĂ­gena, representa as estĂ©ticas e a compreensĂŁo das formas e cosmovisĂŁo da filosofia indĂ­gena.
Conectamos pessoas de Pindorama (Brasil) e das diversas partes do mundo, lembrando que a maracå que usamos, em nossos rituais e danças, é uma forma de compreensão do globo, que representado pela maracå é a redondeza do planeta terra, e as sementes quando sacodem dentro da maracå é o som da humanidade.
Procuramos interagir com o pĂșblico, escolhemos uma forma de nos comunicar que fosse, ao mesmo tempo que informativa tambĂ©m estĂĄ aberta Ă s trocas de saberes, ideias e ideais.” (TamikuĂŁ Txihi do Povo PataxĂł)